Informação acerca da dieta da USP, com o cardápio diário e semanal da dieta da USP, identificando as vantagens e desvantagens desta conhecida dieta. Como funciona a dieta da USP e quais os cuidados que deve ter após a sua conclusão.


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Dieta da USP com Cardápio

Dieta da USP objetivo como funciona cardápio dicas vantagens desvantagens
A dieta da USP tem sido uma dieta muito procurada e praticada no Brasil. Esta é uma dieta que teve muito sucesso na última década do século XX, mas hoje em dia ainda continua a fazer sucesso. A dieta da USP promete a perda de muito peso em pouco tempo. O cardápio associado à dieta da USP é elaborado à base de ovos, café e presunto. A dieta da USP foi elaborada no sentido de permitir a perda de 14 kg em 14 dias, mas este resultado é quase impossível de alcançar. Apesar de tudo, esta dieta tem demonstrado que se torna possível perder entre 7 e 10 kg durante os 14 dias de implementação. O cardápio da dieta da USP promove uma alimentação com poucas calorias e carboidratos, razão pela qual é considerada uma dieta restritiva. Esta dieta, enquadra-se no tipo de dietas que não devem ser implementadas de modo consecutivo, e apenas dever ser seguida em situações de “emergência” ou em casos pontuais. Muitas pessoas utilizam a dieta da USP quando se aproxima uma data festiva na qual a pessoa pretende aparecer com uma boa silhueta, não restando muito tempo para conseguir perder o peso desejado. Festividades incluem casamentos, batizados, aniversário e outros. Pessoas que optam por implementar a dieta da USP pelo período de 7 dias 81 semana) poderão conseguir perder até 5 kg. 

Cardápio da dieta da USP

O cardápio da dieta da USP promove a diminuição dos níveis de açúcar no organismo e a diminuição de glicerina no sangue. 
Por esta razão, torna-se importante que as pessoas solicitem a opinião do seu médico antes de implementar este tipo de dietas restritivas. Normalmente, o objetivo das pessoas que implementam a dieta da USP é perder peso e emagrecer, mas, face ao tipo de alimentação praticada, por vezes ocorre uma melhoria dos problemas respiratórios e digestivos, para além de uma regulação de pressão sanguínea. Associada a uma diminuição no consumo de açúcar (doces), surge a diminuição de gases e inchaço abdominal, havendo uma menor retenção de líquidos e perda de gordura. Normalmente, também ocorre um aumento de energia.
Se está a pensar seguir a dieta da USP, tenha consciência de que durantes os 14 dias você irá ter de prescindir dos seus alimentos preferidos e sofrer um pouco. Esta dieta não é fácil de seguir, já que, serão 2 semanas de esforço intensivo!

Dicas para a dieta da USP

Existem riscos e efeitos associados a esta dieta. Antes de iniciar esta dieta, conheça os Riscos e efeitos da dieta da USP.

A alimentação associada à dieta deve corresponder exatamente ao cardápio da dieta da USP.
Associado ao cardápio, deve implementar algumas medidas que referimos num artigo sobre as dicas para a dieta da USP.

Tenha em consideração que a dieta da USP não pode ser utilizada consecutivamente ao longo da vida, quando terminar a implementação de qualquer dieta restritiva, considere mudar os seus hábitos alimentares e estilo de vida, de modo a não ter de recorrer a novas dietas para perder peso. Assim, elaborámos um artigo com dicas importantes sobre a forma de promover uma alimentação saudável e que tem o titulo de Conselhos para depois da dieta da USP.

Não se esqueça de que o cardápio deve ser seguido de modo integral. De modoa a conseguir maximizar os resultados, considere evitar frutas que contenham muito açúcar, já que, esta pode travar o emagrecimento.

Se gosta do blog, não se esqueça de partilhar nas redes sociais através do botões de compartilhamento do lado esquerdo.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL