Informação acerca da dieta da USP, com o cardápio diário e semanal da dieta da USP, identificando as vantagens e desvantagens desta conhecida dieta. Como funciona a dieta da USP e quais os cuidados que deve ter após a sua conclusão.


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Porque a dieta da USP é eficaz

A dieta da USP, também conhecida como a dieta de Atkins, baseia-se num menu planeado 7 dias consecutivos, no qual a pessoa consome pouca quantidade de hidratos de carbono e aumenta o consumo de proteínas e gorduras.
Ao fazer esta dieta a pessoa não está autorizada a substituir os ingredientes ou alterar a ordem em que deve comê-los, já que tal situação pode afetar o resultado final.

Após 7 dias da dieta USP, deve-se implementar a dieta de novo por mais 7 dias e parar, pois esta é uma dieta desequilibrada que poderia causar complicações renais e cardiovasculares.
A razão de esta dieta ser uma forma eficaz de perder peso rapidamente tem a ver com o facto de que o organismo não se pode alimentar de carboidratos, pelo que encontra uma outra fonte de energia que promove a queima dos depósitos de gorduras e proteínas. Assim, a dieta da USP é muito pouco saudável já que os hidratos de carbono são importantes para o funcionamento do cérebro, entre outras coisas, como o tecido cerebral que precisa de glicose a fim de funcionar adequadamente ( o organismo produz corpos cetónicos, que surgem a partir da quebra de lipídios).
O nome dado a esta - "Dieta da USP" - refere-se a uma universidade em São Paulo e foi escolhida como uma forma de dar uma falsa sensação de confiança, mas não é uma forma de perder peso reconhecida pelos peritos.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL